Pastor e esposa condenados à prisão no Irã, fogem do país

0
66
Pastor e esposa condenados à prisão no Irã, fogem do país
O pastor e a esposa fogem do Irã, antes de apresentarem na prisão. Foto – Reprodução / Article 18

O pastor Victor Bet-Tamraz e sua esposa, Shamiram, fugiram do Irã depois de perder o recurso final contra uma sentença de prisão combinada de 15 anos. De acordo com um relatório regional , eles agora estão em um local seguro.

O casal de pastores, foram condenados por causa de uma igreja doméstica, no Irã. O advogado do pastor Victor ligou em, 19 de julho, para informá-lo que sua batalha de apelação de três anos havia terminado em rejeição.

Em 11 de agosto, Shamiram foi intimada a se apresentar no Tribunal Shahid Moghadas de Teerã, dentro do complexo da prisão de Evin, dentro de cinco dias para iniciar sua sentença ou enfrentar a prisão.

Em um comunicado, sua filha, Dabrina, disse que seus pais deixaram o Irã com “o coração pesado ” para continuar em sua batalha legal para anular suas sentenças em um local seguro no exterior. “Continuamos a orar e esperar que suas sentenças sejam retiradas”, disse ela.

Numerosas audiências de apelação agendadas foram canceladas desde que o casal, ambos na casa dos 60 anos, foi sentenciado. Os pretextos para atrasos no tribunal incluem a falha em convocar oficialmente todos os réus, o tribunal estar “muito lotado” e a designação de um novo juiz para o caso.

O pastor Victor foi condenado em julho de 2017 a dez anos de prisão por “agir contra a segurança nacional”, organizando e conduzindo cultos em igrejas domésticas. Shamiram recebeu uma sentença de cinco anos em janeiro de 2018, por “agir contra a segurança nacional” por organizar pequenos grupos, frequentar um seminário no exterior e treinar líderes de igrejas e pastores para atuarem como “espiões”.

O pastor Victor liderou uma igreja pentecostal assíria em Teerã antes de ser forçada a mudar o idioma do persa para o assírio. O pastor Victor então levou a igreja de língua farsi para o subsolo.

Farsi é a língua nacional do Irã, falada por todos os iranianos, tanto muçulmanos quanto grupos minoritários não muçulmanos. O culto cristão em persa é alvo de autoridades em seus esforços para desencorajar a conversão de muçulmanos ao cristianismo.

Normalmente, espera-se que os cristãos assírios adorem na língua assíria, que não é entendida pelos iranianos muçulmanos.